terça-feira, 7 de abril de 2009

E-mail para Obama


As vezes eu recebo uns e-mails,que realmente valem a pena...


Quem se mistura com os porcos, farelo come!Começo esta mensagem fazendo algumas perguntas ao senhor Obama e tomando a liberdade de eu mesmo respondê-las.- O senhor sabe que a candidata do presidente Lula – “esse é o cara… Eu adoro esse cara”, – para assumir a presidência do nosso país em 2010, em mais um estelionato eleitoral, tem uma extensa lista de crimes cometidos durante o regime militar?
- Sabe sim, pois o senhor não é um imbecil desinformado que assumiu a presidência do seu país em um estelionato eleitoral, e tem à sua disposição um dos mais competentes serviços de informação do mundo, apesar da tolice da invasão do Iraque comandada, por coincidência, por um desqualificado etílico que conduziu os EUA ao maior desastre econômico de sua história, o que vai acontecer também com o nosso país com sua colaboração com outro desqualificado etílico, “o seu cara”.
- O senhor tem conhecimento que o desgoverno do Retirante Pinóquio está marcado por dezenas de escândalos e até assassinatos não esclarecidos e associados ao seu partido, e que todos os 40 meliantes que foram denunciados pelo Procurador Geral da República no escândalo do mensalão continuam livres, leves e soltos, e aos poucos tendo desqualificadas suas acusações por um meticuloso trabalho prevaricador corporativista do Superior Tribunal Federal, reflexo de uma Justiça absolutamente apodrecida, bem diferente da do seu país?
- Claro que sabe, pois o senhor não é um tolo que assumiu a presidência da maior potência econômica do mundo por ser um idiota.- O senhor sabe que a presidência da República do meu país autoriza seus protegidos a gastarem milhões com cartões de crédito corporativo que financiam gastos pessoais inclusive com produtos de beleza e até operações com botox, e que a sociedade está proibida de ter acesso aos dados de uso do seu dinheiro por esses meliantes pelo motivo de segurança nacional?
- Também sabe, pois ao contrario de alguém que não lê, não ouve e não sabe de nada do que acontece à sua volta, o senhor tem excelente formação universitária e uma cultura subordinada à contínua preocupação de saber o que está acontecendo no seu país e no resto do mundo, através, também, da leitura de jornais e revistas.
Devo lhe dizer, então, que o senhor, apesar de contar, no passado recente, com minhas esperanças de ajudar o mundo a construir uma aldeia global mais justa e digna, me decepcionou profundamente ao dizer aquelas sandices a respeito do senhor Retirante Pinóquio.Apesar da existência da “sociedade secreta ungermangabeira”, nunca esperaria de alguém dotado com sua complexa formação cultural pudesse ser tão inconveniente e infeliz, seja por ironia, ou pela prática de um relativismo na política que tem feito esse instrumento das relações humanas, transformar-se em um sórdido apoio à perversidade contra os contribuintes de todo o planeta que não se associam aos desgovernos corruptos, corporativistas, prevaricadores e assassinos.
Senhor Obama, o senhor faltou com o devido respeito às pessoas honestas e dignas do meu país.Senhor Obama, solicite à sua equipe que analise a seguinte notícia publicada em um dos jornais do seu país: em entrevista concedida à revista norte-americana Newsweek, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva reiterou a necessidade de mais investimentos para contornar a crise econômica e financeira mundial. "Então hoje (no Brasil) estamos investindo em áreas em que não investimos nos últimos trinta anos, em ferrovias, rodovias, hidrovias, represas, pontes, aeroportos, portos, projetos habitacionais, saneamento básico.
Temos que ser corajosos, pois no Brasil temos muitas coisas a serem feitas, que já foram feitas em outros países há muitos anos”, disse.Depois envie essa mesma equipe para dar um passeio analítico ao meu país, entre outros “divertimentos” para testemunhar os investimentos feitos durante o desgoverno petista na estrutura econômica, na saúde, na educação, no saneamento e na segurança pública. Depois avaliem os investimentos feitos pelos governos militares e pelos desgovernos civis antes da apodrecida era do petismo.Se sua equipe tiver um pouco mais de tempo peça para que avaliem o poder público mais corrupto e prevaricador corporativista da história do meu país.
Senhor Obama, nós achávamos que o senhor seria o “verdadeiro cara”, mas está evidente o erro que estamos cometendo com essa tosca e precipitada avaliação.Como o senhor gosta de ler, contrariamente aos hábitos “do seu cara”, leia o livro do jornalista Ivo Patarra, ”O Chefe” e entenda a absurda atitude que o senhor tomou ao chamar esse desqualificado etílico de “o seu cara”, uma covardia sem par com as pessoas dignas e honestas do meu país.Presidente Obama, será que o senhor declararia para seus eleitores ter tomado conhecimento de corrupção no seu governo reconhecendo não ter feito nada para denunciar os fatos por motivos políticos?Presidente Obama, o senhor fundaria uma organização terrorista para promover as mudanças sociais em seu país?
Presidente Obama, o senhor permitiria que propriedades privadas e até a Casa Branca fossem invadidos e depredadospor movimentos sociais ilegais?Presidente Obama, o senhor toparia jogar camisinhas para seus eleitores do alto de um palanque de uma festa popular?Presidente Obama, o senhor urinaria em um local público em pleno exercício de sua presidência, sendo a foto do seu atoamplamente divulgada entre os cidadãos do seu país?
Presidente Obama, o senhor ficaria em silêncio diante do fato de um cidadão que ateou fogo a um índio que veio a falecer, continuar em liberdade e até ser promovido no serviço público do seu país?Presidente Obama, o senhor transformaria a Corte Superior do seu país em um poder subserviente de suas vontades, transformando a última instância do Poder Judiciário em um instrumento de uma Justiça relativista e corporativista?
Presidente Obama, o senhor ficaria de porre em festas na Casa Branca para que suas fotos nesse estado etílico fossem distribuídas para os cidadãos do seu país?Presidente Obama, se esse é “o seu cara”, então, respeitosamente, vá se catar!Geraldo Almendra

Nenhum comentário: