segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Venezuela e o totalitarismo


Míriam Leitão
Venezuela caminha para um governo totalitário
Todos os atos do governo do presidente Hugo Chávez mostram que a Venezuela caminha para um governo totalitário. Ele usou todos os pretextos regulatórios para fechar 34 emissoras de rádio neste fim de semana.

Nesta segunda-feira, começa a tramitação da Lei dos Crimes Midiáticos. É uma Lei de Imprensa. Tudo é crime, por ela, mesmo quem não é jornalista e usa meios de comunicação.

No New York Times, saiu uma notícia que computadores apreendidos mostram uma relação íntima entre Farcs e o governo venezuelano.

E até quanado governo brasileiro vai ficar em silêncio sobre a destruição da liberdade de imprensa na Venezuela, tratando como assunto menor? O ministro da Relações Exteriores, Celso Amorim, disse que as coisas que acontecem na Venezuela são pequenos fatos, sem importância.

Há atualmente uma discussão sobre a entrada da Venezuela no Mercosul. O bloco exige democracia. E um dos pressupostos da democracia é liberdade de imprensa.

O mínimo que o Brasil tem que fazer é recusar a entrada da Venezuela no Mercosul por desrespeito à cláusula democrática.
O Itamaraty tem que se pronunciar contra Chávez,nem dá para comentar o que o jornal The New York Times disse da obtenção de documentos que comprovam a ajuda do governo da Venezuela às Farc(já que é um grupo que seqüestra, mata, trafica drogas e mantém um campo de concentração na selva);e Celso Amorim,minimizando o problema,como“uma coisa desse tamanhinho”.
Espero que a censura prévia que recebeu o Estadão não silencie o Brasil nesse atentado a democracia.Essa de ferir a honra da família Sarney a publicação das conversas telefônicas é meio dúbio,já que o clã Sarney,já demonstrou que de honra não tem nada.
A Venezuela feriu sim a democracia com a censura à imprensa.Celso Amorim não seja um Ministro "desse tamanhinho".

2 comentários:

WORF NETO disse...

Tem mais um Prêmio Virtual para você no meu Blog.
http://resistenciaeliberdade.blogs.sapo.pt/319961.html

Beijinhos....

Cachorro Louco disse...

Flavinha : Amorim como o resto da corja são lambedores dos chinelos de Hugo Chaves e Fidel Castro ,e o que interessa para êles é que a liberdade de imprensa acabe aqui também para que possam agir sem que o povo saiba de qualquer coisa.Esses bolivarianos só servem para uma coisa : o pelotão de fuzilamento.Beijos